23 de abr de 2011

Nota auto adesiva fluorescente para colar na testa: "Não espere nada das pessoas"

Nota auto adesiva fluorescente para colar na testa: “Não espere nada das pessoas”...#fato.

Carah, simples, não espere nada, nada, simplesmente nadaaaaaaa de ninguém.
Essa é a regra e é muito simples e eu não sei por que diabos a gente insiste mil vezes em esperar algo de outra pessoa.

Pra mim é só esperar, criar um pingo de expectativa e pronto, fudeu tudo!
Sei lá quais as sete pragas do Egito que a mim foram rogadas, mas é assim mesmo.

Prefiro acreditar profundamente que isso se resolve com uma simples atitude clara e eficaz de “não criar expectativas”.

Farei isso nem que necessário for colar uma nota auto adesiva fluorescente na testa, tipo post it mesmo, aquele amarelinho meio verde que quase dói nos olhos quando se olha  sabe?

O xis da questão reside no fato que inconscientemente, a gente cria uma ilusão e acredita nela, só que essa ilusão é nossa e não da outra pessoa, por isso não há como a outra pessoa corresponder com uma ilusão que é nossa, capiche????

Outro fato totalmente relevante na questão é que as pessoas criam máscaras, teatro grego, persona, máscaras tá ligado?

As pessoas mostram o que querem, da forma que querem e como querem.

O bom é que isso não dura muito, ninguém consegue conservar uma máscara por muito tempo, resultado cadê aquela pessoa ou aquelas qualidades?

Nunca existiram, ilusão de ótica, ou pura falta de caráter mesmo.

Melhor então deixar as coisas fluírem, hahahah diz isso pra minha falta de paciência, de quem quer tudo pra ontem, eu chego a me adiantar um dia por pura ansiedade.

Mas não tem outra maneira, se iludir é se auto destruir, auto mutilar os neurônios.

Por essas e por outras que eu digo, se necessário for grude um post it  na testa, mas não espere nada nas pessoas.

E o principal:
Beijos com gostinho de chá de Hortelã, M.P 

21 de abr de 2011

Muito prazer, fui com a sua cara!

Eu gosto das pessoas e pronto.
Não preciso de um mês pra perceber isso, ou três ou um ano.
Eu olho, gosto e pronto.
Isso em amizades, relacionamentos amorosos, conversinhas de rua sem nexo, facebook, Msn, orkut.
A não ser no trabalho que às vezes eu sou obrigada a conviver com quem não desperta meu interesse, mas a regra também vale na questão do gostar.
Me admira o fato de algumas pessoas dizerem, que daqui um mês vão ver se gostaram ou não.
Comigo isso não funciona, eu simplesmente gosto, ou não gosto.
Assim, fácil, na cara dura.
Tipo à primeira vista, a primeira impressão ou algo do gênero, não falo que depois eu não me decepcione descobrindo que a pessoa não era o que eu pensava.
Isso muitas vezes acontece, mas não deixo de gostar....
Eu já gostei, foi automático, não sei mudar #pleasedeixaeuserfeliz.
Não sei ser diferente e frear esse meu componente que diz que se gosta ou não se gosta.
Tenho o prazer de gostar de cara, ou não, não sei experimentar as pessoas “vou conhecer primeiro depois vou ver se eu gosto”. Hohoho como eu queria ser assim cara!
Comigo a ordem dos fatores de invertem de forma descontrolada, desenfreada e totalmente indisciplinada, mal conheço já gosto ou não.
Assim mesmo, sem motivo aparente, ou por todos os motivos que eu não conheça coisa de química mesmo, às vezes física, quem sabe?
Sei que gosto, de cara!!! Sem surpresas, se é bom ou é ruim vem  o mestre “TEMPO” e me mostra.
Às vezes eu gosto do que ele mostra às vezes quero me cegar pra não ver.
Gostar pra depois conhecer, melhor ordem sería o contrário!
Éh diz isso pra mim e para as milhares de pessoas como eu que sentem o prazer de gostar logo de cara.


Abraços, Morena de Pijama

19 de abr de 2011

Enquanto eu não encontro os certos.....

Não, não quero me divertir com os errados, capiche?
Não tenho essa fugaz necessidade de me relacionar com as pessoas apenas pra dizer que eu estou ficando com alguém, não tenho essa pretensão de me auto-afirmar como pessoa pegadora pra todo mundo.
É como usar maquiagem quando você está triste, se pinta toda tenta melhorar o que for necessário, mas falta o brilho do sorriso aquele que te enfeitaria mesmo estando de cara lavada.
O velho ditado:
“Enquanto eu não encontro o certo me divirto com os errados”
Errados aparecem aos montes, gente sem graça que não me desperta um sorriso se quer e ainda de brinde carregam na testa escrito eu só quero te comer!
Prefiro esperar, pelo príncipe??????
Não, pelo príncipe não, cada vez que penso em príncipe me aparecem sapos aos montes, sapos, cavalos e animais de todas as espécies.
Príncipe não é a palavra certa para o que eu procuro, quando penso em príncipe me vem na cabeça um sujeito todo engomadinho que vai me pedir licença até pra me dar um beijo.
Não quero um príncipe, mas acredito que um dia no mais tardar daqui a alguns anos vai aparecer O CARA, aquele que vai me olhar eu vou olhar pra ele e pronto, demais gestos e palavras irão sobrar na nossa conversa entre olhares.
E não é criar expectativa, não espero isso na verdade, é apenas uma probabilidade, que de provável um dia passará para possível e aí acontece.
Enquanto o cara não chega, eu fico na minha, sem caçar, sem procurar de boca em boca a felicidade que já mora dentro de mim.
Um dia eu e ele, o cara, a gente se encontra por aí.


Morena de Pijama

18 de abr de 2011

Dai-me Paciência!!!!!!!!!!!

Ó senhor amado, querido pai de bondade dai-me por favor paciência!!!!!


Cara, eu preciso muito de paciência principalmente para aturar a falta de carater de algumas pessoas, to de saco cheio na real quase derramando!

Poxa, não consigo entender por que é tão fácil ser mau carater hoje em dia, e é em tudo!

As pessoas só querem se dar bem, não importando que para isso tenham que passar por cima das outras, isso em trabalho, relacionamento, escola.... PORRA!!!!

Será que ninguém consegue por um minuto se colocar no lugar no outro, ver por detrás das aparências????

Sabe, me falta paciência para entender....

Algumas pessoas vivem em uma preguiça existêncial tão grande que para as mesmas viver é a mesma coisa que passar por cima das outras pessoas.

Não entendo, não quero entender, sei lá o que se passa na cabeça de alguns!
Fazer o mal, humilhar, pisar, ser o cara!

Que moral é essa que essas pessoas tem orgulho de ter?

A de ser conhecido como o que passa por cima de todos para se dar bem?

Sinceramente, prefiro subir meus degraus um a um, sem pisar nos outros, assim com certeza demorarei mais mas certamente conseguirei colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquila.
#ficadica!


17 de abr de 2011

Hoje acordei meio sincera....



Hoje me dei conta de que nunca fui como as outras, nunca me chamou a atenção bolsas e sapatos, pouco me importa a marca que uma pessoa veste, seu peso, sua aparência o que possui.

Vejo as pessoas com os olhos da alma, seleciono pelo abraço, um sorriso me cativa e já me aproximei também por lágrimas.

Coisas fúteis não chamam minha atenção e cara! Hoje me dou conta que sempre foi assim.

 Me recordo que quando criança eu, diferente dos meus amigos não selecionava as crianças com as quais brincar pela roupa ou por brinquedos bonitos que possuíam, me recordo também que eu não gostava muito de bonecas, que eu era chamada de Olívia Palito masissonãovemaocaso, e que as outras crianças me consideravam estranha por eu ser mais introspectiva do tipo que preferia ler um livro a sair correndo por aí.

Minha estranheza apenas se estendeu na minha adolescência onde raramente gostava das mesmas coisas que as outras pessoas da minha idade, sim é assim até hoje.

Realmente ser diferente não me incomoda, gosto muito de tantas coisas intocáveis, improváveis e que ninguém gosta.

Gosto do vento batendo nas folhas, um dia ensolarado pra mim junto à natureza é magnífico, sentar na sombra de uma árvore, sentir o cheirinho de terra molhada pela chuva, contemplar o pôr do sol, ver o dia amanhecer, observar os pássaros se esconderem da chuva.

Já tentei ser diferente, já me senti um cocô tentando beber pra ser igual à maioria, sinceramente, não sei se percebo algumas coisas que as pessoas não vêem ou o que!
Cara, não me satisfaz nenhum pouco me vestir nesses trajes vulgares tomaraquemecoma sair por aí beber e acreditar que isso é felicidade!

A balada ta tipo uma vitrine onde cada um mostra mais pra ver quem consegue “pegar primeiro”...não todas mais na maioria é assim.

Quando eu saio, quero dançar e pronto foda-se o resto, não é por que eu saí da toca que eu to morrendo de vontade de “pegar” alguém!

Não preciso sair pelada pra me achar sexy, quero que a opinião alheia a meu respeito se exploda e sinceramente to cagando e andando....

O meu conceito de felicidade é tão simples, eu sou feliz com tão pouca coisa, acredito que por estarmos num mundo de provas e espiações não nos é permitida a felicidade completa e sim alguns momentos de felicidade, ser feliz a todo tempo não é deste mundo.

Porém, acredito sim que a gente pode e deve fazer a nossa parte para que a vida se torne menos pesada e isso cabe a cada um.

As pessoas em sua maioria, querem maquiar a sua tristeza se embriagando, não percebem que o problema, éhhhh o problema!!!! Aquele que você esqueceu quando se entupiu de vodka, tequila e derivados esse problema vai estar lá amanhã e vai bater na sua cabeça que estará doendo em virtude do porre da noite passada #fato!.

Encarar de frente os problemas exige sim, uma boa dose de coragem, determinação, disciplina e discernimento mas vale a pena, proporciona maturidade.

Eu gosto tanto das coisas simples e vejo pessoas por aí que são tão materialistas, mas tão materialistas ao ponto de perder as pessoas que gostam por puro materialismo.

Dessa vida terrestre só levaremos duas coisas: as coisas boas que fizemos e as ruins isso é fato....
No máximo essas bolsas, sapatos, carros e demais vão enriquecer a nossa vaidade enquanto matéria e só.

Não estou mandando ninguém dar tudo que tem, apenas acredito que se uma pessoa possui alguns atributos materiais a mais deve agradecer por isso todo dia e usar isso para o bem e não fazer disso uma forma de aumentar seu egocentrismo e sua falta de caráter... humildade nunca é demais!



Um abraço forte, um ótimo domingo pra todos! Boa reflexão e que Deus encha de luz o seu dia!

10 de abr de 2011

Evitando a fadiga em relacionamentos.#fato!

 
            No canto da sala ainda está a minha mala com a etiqueta da última viagem que fiz pra ver ele, minha consciência dizia que era a última vez, mas como a gente sempre tenta  mentir pra nós mesmas, se iludindo...na crença dos "Felizes para sempre".affffffffff

            Inegavelmente a vida não é um conto de fadas não somos princesas e não teremos príncipes, poderemos nos apaixonar por sapos mas não podemos nos iludir que um dia irão virar príncipes.#fato!
            
             Ilusão só alimenta ilusão e toda crença é válida desde que acompanhe um tanto de cunho intelectual que nela exista, não é a toa que diariamente relacionamentos têm fim, as pessoas já começam errando.

               Sonham algo e querem impor isso a outra pessoa, esquecemos apenas que os sonhos são nossos e não das outras pessoas, sonhos são únicos, intimos, diferente de sonhar junto é querer aplicar ás pessoas os nossos sonhos.

               Os sentimentos devem passar sim pelo crivo da razão, afinal nos diferenciamos dos animais, por essa racionalidade que desaparece às vezes #superfato!

               O pior de tudo é que a gente sempre sabe, ó Deus como a gente sabe não é? aquela vozinha AZUCRINANTE que te fala no ouvido que é tudo uma mentira!!!
  
                Aí vem o seu impulso de arriscar pronto e foi-se tudo!

               Mais uma decepção, mais alguns meses pra superar, mais uma página na sua história que você, tão somente você insistiu em escrever.

               Algumas semanas de reclusão social, algumas músicas dramaticas antes de dormir, algo como tribalhistas, Marisa Monte, Skank, Nenhum de nós com aquela "Vc vai lembrar de mim" pq a gente se ilude ainda.

                Essa mala no canto da sala significa muito mais que uma etiqueta da última viagem, significa que eu fui idiota o bastante ao tentar não ouvir a minha consciência e insistir em algo que eu sabia que não ia dar certo.

                Nesse momento a minha querida consciência me diz que foi apenas um dos tombos e que virão mais.
                Eu digo:

                -Querida consiência, fale com a voz mais firme da próxima vez, para que eu no auge do meu deslumbramento consiga te escutar!

                 Mas que nada, a vida é isso, esse cair e levantar constante, não conheço nada que tenha ficado no mesmo lugar depois de um tombo, ele mesmo te impulsiona um pouco mais pra frente não é verdade?

                  Talvez dessa forma, a gente saia da prisão das ilusõese se liberte ao cair na realidade.

                  Hoje após alguns longos meses vou retirar a etiqueta dessa maldita mala que só me faz lembrar de quem eu quero esquecer, quer ir meu filho!!!!!!!!! Vai com Deus, não te aprisionarei mais nos meus pensamentos, mesmo que eu lembre de você todas as vezes que ouço o meu guitarrista favorito, não vou deixar de escutar as músicas dele ok...

                   Deixar as coisas para trás dói, não é fácil importante é entender que isso não faz mais parte da nossa vida e deixar ir.

                    Que fácil né, falar é muito fácil, na prática isso resulta na minha falta de interesse em qualquer pessoa! #fato!

                   Desinteresse, por coisas e pessoas, vo não, quero não, sem tempo pra msn, conversinhas hipócritas e sem nexo.

                     No momento quanto a relacionamentos estou evitando a fadiga, #fato!

                     Estou fazendo como diria um dos meus escritores favoritos Caio Fernando de Abreu:

·        Tô repetindo: que bom que sou capaz, que bom que sou forte, que bom que suporto. Colei aquele ?Eu Amo Você? no espelho. É pra mim mesmo.




7 de abr de 2011

De fato, a vida é uma bifurcação!


Sim, eu tenho medo de ratos, baratas me causam pânico, elevador me faz ter palpitações e morro de medo de escuro, jamais moraria numa cidade onde existisse mar por medo de ocorrer um Tsunami #fato
Leio mais que eu preciso, interpreto Kafka, Gardner, Sócrates, Platão mas interpretar as atitudes das pessoas que eu realmente gosto é uma tarefa que eu ainda não aprendi.
Levanto 220 KG no LEG PRESS 45° e isso não me fez ser uma pessoa forte o suficiente para superar os sentimentos que algumas pessoas me provocam.
Consigo correr durante 1h 30 min em velocidade 7,5 mas não consigo fugir de algumas lembranças.
Finjo que esqueci, fico feliz, saio pra rua, distribuo sorrisos ligo o rádio e ....fudeu tudo! toca aquela música, aaaaaqqqqqquuuuueeeeeeeeela lembra? e pronto ...as lembranças surgem em massa pra mostrar que meu cérebro é tão ridículo que mente pra sí mesmo que esqueceu algo.

Nunca sei se eu tenho que ir pra direita ou pra esquerda, nunca tenho certeza de nada que não faça parte do meu lado profissional.

Já disse eu te amo de forma sincera, acho que nunca ouvi isso de modo sincero e olha que eu nunca tinha me dado conta disso!

Sou 8 ou 80, sei ser calculista, fria, e muito antipática, mas não uso isso, não mais não choro na frente de qualquer um quando eu não estou na TPM, consigo esconder sentimentos ruins atrás de um sorriso, apaixonada eu fico boba e confesso que como romântica eu sou um fracasso #superfato!

Não tenho sorte no amor, estou pensando em começar a jogar Poker! "azar no amor sorte no jogo"
Acho que eu sería uma estrela do Poker!!!!!!!!!tenho que começar isso logo!!!!!!!!!!!!!!
Eu sou uma bifurcação, não sei ser limitada, não tenho uma esquina que termine logo alí, não tenho uma placa me dizendo PARE! E em mim só vejo um sinal no semáforo que diz SIGA!!!!!
Admiro pessoas limitadas ao mesmo tempo tenho pena!
Ser tão certinho, regrado, saber o que comer, o que fazer conseguir morar perto do mar, isso não é pra mim!!! Eu nunca sei o que eu quero comer, que roupa eu vou vestir, quanto ao mar posso até parar as fériascom muito pânico de ocorrer umTsunami.,mas sóooooo nada de morar em lugares assim ok!

Não me diga para não fazer algo se quer que eu não faça, não me desafie e nunca jamais em hipótese alguma não diga que eu não vou conseguir!
Mesmo que eu caia, tropece, eu renasço nas cinzas se preciso for pra mostrar PRA MIM que eu consigo!
Só não me peça pra morar perto do mar nem andar no escuro ok?






5 de abr de 2011

A vida é Mara!


 O que é a vida se contarmos apenas os dias que passam sem neles colocarmos o nosso brilho próprio?
Paz não é estar em um lugar sem ruídos é fazer dos ruídos uma música!
Viver é mais do que rastejar, mais do que vegetar, viver exige coragem, determinação, discernimento e boa vontade!
Há pedras, assim como há flores, pedras nós devemos retirar, flores devemos plantar para depois sermos contemplados com a sua beleza.
Esqueça as ofensas, perdoe, abraçe, converse, deixe um pouco do seu brilho nos olhos das outras pessoas, acima de tudo sorria! pode ser que hoje não seja o mais belo dia de sua vida, mas cabe a você, somente a você fazer com que esse dia se torne inesquecível.
Um novo dia, uma nova oportunidade, uma folha em branco, embora ninguém possa voltar e fazer um novo começo, todos nós podemos começar hoje e fazer um nosso final.




Pense nisso!!!!
Paz, muita paz às pessoas de boa vontade!

4 de abr de 2011

Minha realidade não me deprime!

        Bom, definitivamente preciso exercitar a minha paciência.... principalmente com as pessoas,  paciência pra não entrar em pânico com tanta falta de carater que rola solta por aí.
Não, eu não quero me iludir achando que todo mundo é bom, que todas as pessoas são felizes, que não há dor provocada por palavras e atitudes impensadas.
        Eu quero viver, é! VIVER!!!!!!!
não quero vegetar, nem me iludir, nem achar que as pessoas vivem num paraíso, também não quero acreditar em céu nem em inferno.
      Quero ser real, não quero amar príncipe, nem viver como uma princesa, quero ser humana, acima de tudo humana!!!
     Quero sorrisos sinceros, quero procurar por falhas e não achar, por favor não me dêem brechas para achar falhas, tenho um olho clínico, sou períta em cafagestice humana.
     Mas quero acima de qualquer coisa, sorrir!!!
    Sorrir sem medo de parecer idiota, sem motivos, até a barriga doer...ter em mente que o que se leva da vida são nossas atitudes e o resto fica, para consumo alheio.
    Não gosto de quem me desperta sentimentos hostís! gosto de gente de verdade! de super heróis de carne e osso, pra mim guerreira é uma mãe de família que cria 6 filhos sem um pai por perto.
    Não gosto de máscaras, pra que usá-las??? escondem a face, o brilho dos olhos e as maças do rosto vermelhas de vergonha, quando alguém me deixa sem palavras.
   Máscaras escondem o sorriso que eu quero tanto distribuir por aí, também escondem meu rosto dos sentidos.
    Eu quero sentir, o raio de sol que passa por mim e deita sobre a minha face fazendo meus olhos diminuirem com seu brilho e ao mesmo tempo me esquenta.
Contos de fadas não me iludem, não moro em histórias de quadrinhos.
     Quando o meu dia acaba, peço somente paz, força, pra ser gente, ser de carne e osso mais um dia, para acima de qualquer definição ser aquela que carrega um brilho diferente nos olhos apenas por estar viva!
Que eu saiba valorizar cada dia da minha vida, fazendo de cada manhã um recomeço!